Paulo Lima - Gente Indigente


Respeito tanto essa gente!
Gente tão bruta e doente!
Liberto-me da minha mente,
Abro assim uma gargalhada
No tom de uma terra amaldiçoada.
GENTE INDIGENTE LIBERTE A MENTE!!!
Gente tão bruta e malvada,
GENTE INDIGENTE LIBERTE A MENTE!!!
Mente tão fraca e maltratada!

Terra de divinas riquezas
Toma vergonha nessa cara!!!
Liberta o coração dessa gente tão careta,
Ainda tem compaixão? Tem? É coisa rara!

Passa tragédia na telona
E esse povo sem vergonha,
Brasil tragédia ultimamente,
Brasil país de indigente,
Até os animais é melhor que a gente!

Brasil metralha essa ponte
De gente tão deformada.
Povo sem raciocino. idelinquente ,
Vamos, metralha logo essa ponte!
GENTE INDIGENTE LIBERTE A MENTE!!!

Engole os roubos a garganta.
Quero que deportem-me daqui,
Me americanizem, mas não me deixem mais aqui!


Paulo Lima

Comentários